Ubisoft Game em Foco

Ubisoft removerá podcaster de Watch Dogs Legion !

NOTÍCIAS

“Entendemos que esta colaboração em si pode ser vista como ofensiva e lamentamos profundamente qualquer dano que isso tenha causado”

watchdogslegion
Após a Ubisoft “tomar ciência” das polêmicas que cercam a jornalista Helen Lewis comunicou que irá remover a dublagem da jornalista britânica em Watch Dogs: Legion.

Fãs vão a redes sociais e fórums para reclamar com a Ubisoft sobre a inclusão da jornalista, Helen Lewis — que aparece em dois podcast fictícios disponíveis nos carros enquanto você dirige — a respeito disso a Ubisoft comunicou que isso aconteceu devido a jornalista ter “trabalhado com um produtor externo designado para escolher os perfis dos locutores para esses podcasts”, e a Ubisoft “não sabia sobre a polêmica na época da contratação ou gravação”.

“Estamos cientes das declarações polêmicas da jornalista que faz a dublagem dois podcast presentes em Watch Dogs: Legion,” comentou para o site Kotaku um porta voz da Ubisoft. “Nem a Ubisoft ou o jogo refletem a visão da jornalista.”


“A equipe de desenvolvimento trabalhou com um produtor externo para selecionar os perfis de locutores para estes podcasts e não estávamos ciente da polêmica na hora da seleção ou da gravação. Embora os podcasters do jogos estejam seguindo um texto pré scriptado e não estejam falando o seu próprio nome ou suas opiniões, entendemos que esta colaboração em si pode ser vista como ofensiva e nos arrependemos por qualquer dano que isto tenha causado. Em resposta, iremos substituir os dois episódios em uma próxima atualização e iremos reforçar a nossas verificação de antecedentes para os nossos parceiros no futuro.”


Jezebel (via Kotaku) destacou que a jornalista havia expressado contra os direitos expandidos das pessoas trans, embora o estudio não tenha especificado exatamente qual comentário “polêmico” Lewis em 2017, havia feito duras críticas contra a ideologia de gênero em um artigo de opinião onde havia criticado as mudanças na lei do Reino Unido, tais mudanças se dava em como o objetivo era de simplificar o processo de mudança de gênero reconhecido legalmente, por exemplo, ela escreveu: “Ser mulher ou homem está agora inteiramente na sua cabeça. Neste clima, quem desafiaria alguém com uma barba expondo seu pênis em um vestiário feminino? ”

Como destaca o Centro Nacional para a Igualdade de transgêneros dos Estados Unidos, tal medo hipotético não há embasamento em nada. “Centenas de cidades, distritos escolares e 18 estados já protegem o direito dos transgêneros de usar banheiros”, escreve a org, “e nenhum deles viu um aumento nos incidentes de pessoas atacando alguém ou de pessoas fingindo ser transexuais para ter acesso para banheiros. ”

Lewis também afirmou no passado que ela acredita que “mulheres trans são mulheres e homens trans são homens”, mas manteve o que ela descreveu como “preocupações sobre a auto identificação e seu impacto nos locais reservados entre pessoas do mesmo sexo”.

Esta resposta rápida vem em meio a um esforço da Ubisoft em alterar a sua cultura corporativa, onde ja enfrentou críticas ferozes por causa de alegações de comportamento abusivo e má conduta sexual generalizada. O estúdio não disse quando ocorrerá a remoção de Lewis de Watch Dogs: Legion.

Streamer pela twitch, Youtuber e Retrô Gamer. Meu primeiro Video Game foi um Supergame da CCE e desde então não parei mais de admirar este fantástico mundo dos Games. Sou SEGA por amor, mas gosto de todos os sistemas para mim o que conta é a Diversão. Despois do Supergame meu outro console foi um Master System e meu primeiro cartucho foi Ghostbuster, mas meu primeiro RPG foi Phantasy Star o qual curto até hoje Aprecio o gênero de RPG, MMORPG, Hack and Slash em geral só não me dou bem com Battle Royalle. Moderador do Site, 45 anos, Saquarema, Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *